A utilização da técnica Laser Scanner 3D para a produção de modelos e réplicas de peças arqueológicas é realidade no Brasil, fruto de parceria firmada entre a Zanettini e a empresa canadense Up3D. Conheça os resultados e aplicações dessa tecnologia para fins científicos, conservação e educação.






Conteúdo não disponível para ser visualizado no navegador internet explorer, para visuzalizar o conteúdo faça o download de outro navegador:

Download Google Chrome


Download Firefox
A portaria do IPHAN nº 230, de dezembro de 2002, foi elaborada com a finalidade de compatibilizar a pesquisa e a salvaguarda do patrimônio arqueológico durante o licenciamento de empreendimentos diversos: loteamentos, parques industriais, rodovias, linhas de transmissão, barragens, ferrovias, áreas de mineração, redes de água e esgoto, construção de edificações de porte variado, entre outros.

Desse modo, a Zanettini Arqueologia desenvolve, em todo o território nacional, os procedimentos necessários ao licenciamento arqueológico, desde os estudos de viabilidade econômica até a sua operação.

Nessa linha, realiza diagnósticos voltados ao estabelecimento do potencial arqueológico de áreas de interesse, com o objetivo de obter a Licença Prévia (LP) para um determinado empreendimento. Os resultados do levantamento integrarão Relatórios Ambientais Simplificados (RAPs) e Estudos de Impactos Ambiental (EIA/RIMA), dentre outros.

Com o objetivo de obter as Licenças de Instalação (LI) e de Operação (LO), a Zanettini Arqueologia desenvolve igualmente programas de prospecção, voltados ao detalhamento e aprofundamento dos diagnósticos, bem como os projetos de resgate e educação patrimonial destinados à mitigação dos impactos ao Patrimônio Cultural identificado.